Princípios Sociais

DECLARAÇÃO A FATORA

No exercício da cidadania brasileira declara que atende os seguintes Princípios Sociais, conforme descrito abaixo:


Princípios Sociais

Trabalho Infantil A empresa não emprega em hipótese alguma pessoas com idade inferior a 16 anos, ressalvado à condição de aprendiz, a partir dos 14 anos.

Trabalho Forçado A empresa não utiliza trabalho forçado ou compulsório, isto é, qualquer trabalho ou serviço desempenhado sob ameaça ou sem o consentimento da pessoa envolvida.

Discriminação Com o devido respeito às leis aplicáveis, a empresa se recusa a engajar-se em qualquer prática discriminatória. Discriminação significa qualquer distinção, exclusão ou preferência que limite à igualdade de oportunidades ou de tratamento. Pode ser baseado em raça, cor, sexo, orientação sexual, religião, opinião política, idade, nacionalidade, obrigações familiares ou outras considerações.

Liberdade de Associação e Direito às Negociações Coletivas A empresa reconhece e respeita a liberdade de associação dos empregados e seu direito a escolher seus representantes com total liberdade. A empresa também reconhece o direito dos empregados às negociações coletivas. A empresa assegura que os representantes dos empregados não sofrerão qualquer discriminação.

Assistência Médica e Segurança no Trabalho A empresa assegura que o local de trabalho e seu ambiente não colocarão em risco a integridade física ou a saúde de seus empregados. Ações para reduzir as causas de acidentes e melhoria das condições de trabalho é o objeto dos programas em curso. Equipamentos sanitários e outras dependências oferecidas aos empregados são construídos e mantidas de acordo com os requerimentos legais aplicáveis. A empresa oferece aos empregados sanitários e construções decentes (água potável, ventilação, saídas de emergência, etc.) e acesso a tratamento médico.

Jornada de Trabalho A empresa assegura que as restrições legais aplicáveis à jornada de trabalho sejam seguidas. A jornada semanal de trabalho deve ser no máximo de 44 horas. Horas extras não são obrigatórias. Empregados têm no mínimo uma folga semanal, exceto em circunstâncias excepcionais e por um período limitado.

Pagamento A empresa assegura que:

  • Nenhum salário seja inferior ao mínimo legal aplicável.
  • Todos os empregados recebem um demonstrativo de pagamento.
  • Empregados recebem um salário decente relativamente aos padrões no país.
  • Pagamentos de horas extras são em todos os casos efetuados de acordo com o mínimo previsto em lei.